A Cidade

Nova Petrópolis

A cidade de Nova Petrópolis encontra-se em um ponto estratégico da Serra Gaúcha. Sua localização, entre os grande centros de negócios (Caxias do Sul e Grande Porto Alegre) e as principais cidades turísticas do Brasil (Região das Hortênsias), oferece ao turista ótimos passeios e entretenimento, em toda a região.

Nova Petrópolis é, tradicionalmente, uma cidade germânica, onde ainda é possível ouvir a comunidade falar o dialeto alemão, que está presente na sua cultura e no cotidiano da cidade.  Sua comunidade, educada e hospitaleira, leva o turista a belíssimos pontos turísticos dentro da cidade e no ambiente rural, com belas paisagens e marcos histórico-culturais.

Um pequeno paraíso de tranquilidade

Venha conhecer.

Sempre hospitaleira, a cidade de Nova Petrópolis busca oferecer aos visitantes o seu melhor. O Jardim da Serra Gaúcha atrai visitantes à tranquilidade, à harmonia e à simplicidade. A cidade convida todos a caminhar entre as ruas e se maravilhar com a paz presente em cada esquina. Os atrativos turísticos são diversos e variados. Logo na entrada da cidade, o visitante é recebido pela Torre de Informações que oferece  os serviços de central de informações turísticas e é, atualmente, a sede da Rota Romântica.

Muito de nossa história está presente em nossa arquitetura, em prédios preservados pela comunidade. No Parque Aldeia do Imigrante encontramos prédios, casas, museu e escola que faziam parte do cotidiano dos colonizadores, formando um dos pontos turísticos mais belos do centro da cidade, a Aldeia Histórica. Essa pequena vila, localizada no centro de Nova Petrópolis, oferece ao visitante a tranquilidade e o entretenimento com a presença de uma maravilhoso contato com a natureza. Ainda encontramos artesanato, restaurantes, apresentações culturais e o tradicional chopp. O Parque Aldeia do Imigrante fica aberto diariamente, das 8h às 18h, entrada paga.

O atrativo mais visitado de Nova Petrópolis, é composto por um cenário de muitas flores e cores deslumbrantes que encantam o olhar do visitante a cada nova estação do ano. Localizada junto à Rua Coberta, local de shows e eventos, a Praça da República, carinhosamente conhecida por seus visitantes como Praça das Flores, além de ser o mais belo dos jardins, também acomoda o Labirinto Verde. Alguns monumentos fazem parte dos atrativos desta praça, lembrando a chegada dos imigrantes e a consolidação do cooperativismo, que intitula a cidade como a Capital Nacional do Cooperativismo e relembra a sede da primeira cooperativa de crédito da América Latina. Tudo isso pode ser conferido em meio à arborização e o canto dos inúmeros pássaros.

Localizado dentro da Praça das Flores, o Labirinto Verde convida a todos para se perder e se encontrar enquanto a imaginação permitir brincar e voltar a ser criança. O Labirinto Verde é formado por uma cerca viva de ciprestes e caminhos intrincados que levam ao centro, local de comemoração para aqueles que chegarem até o fim.

Já o Ninho das Águias é outro lugar especial que encanta a todos os visitantes: um parque natural com visão panorâmica de 270º, é também um ponto excelente para prática de voo livre, onde o pôr do sol é mais vibrante, luminoso e indescritível. O acesso é feito pela BR-116, a 3km do centro da cidade, a partir da entrada são mais 5km, com trechos de asfalto e de estrada de terra. Frequentado por aficionados do voo livre de todo o Brasil e por estrangeiros  que se empolgam com este esporte, o Ninho das Águias proporciona fins de tarde encantadores, entrada paga.

Do outro lado da cidade, a caminho de Gramado, na localidade de Linha Imperial, conhecida como o berço do cooperativismo em Nova Petrópolis, há uma pequena praça, com um núcleo de casas enxaimel e um monumento em homenagem a irmandade que Nova Petrópolis tem com as cidades de Sunchales, na Argentina, e Jablonec nad Nisou, na República Tcheca. A primeira é a Capital Nacional do Cooperativismo da Argentina, ostentando o mesmo título que Nova Petrópolis tem em relação ao Brasil. A segunda é correspondente a região tcheca de onde vieram os imigrantes que colonizaram a região de Linha Imperial, Linha Brasil e Linha Araripe, em Nova Petrópolis.

Seguindo em frente, pela RS 235, o turista pode fazer uma imersão histórico-cultural, permitindo que o silêncio das pedras conte sua história. Tudo isso pode ser conferido no Esculturas Parque Pedras do Silêncio, um complexo que retrata a chegada dos imigrantes, das famílias que estabeleceram-se aqui e as profissões que desempenharam em meio a uma natureza preservada e com jardins planejados. As esculturas foram produzidas por 3 artistas e todas foram feitas em arenito, material muito comum na região. O Parque fica aberto diariamente, das 9h30min às 18h, entrada paga.

 
 

Hide